Ir para o conteúdo principal

Widget vendas de contato do Dynamics 365

O que é uma DMP (plataforma de gerenciamento de dados)?

Em síntese, uma DMP é uma plataforma que ajuda a coletar, organizar e ativar os dados de várias fontes e colocá-los em formato utilizável. Embora as DMPs possam ingerir e gerenciar diferentes tipos de dados, normalmente são usadas para informações que não sejam de identificação pessoal.

À medida que seus dados de clientes são acumulados, torna-se essencial encontrar soluções inteligentes para gerenciar e armazenar esses dados. Porém, a solução de dados certa não se limita ao gerenciamento e ao armazenamento. As DMPs ajudam a vencer o desafio de coletar e gerenciar conjuntos de dados complexos de todas as suas fontes, mas também vão além da análise dos dados, gerando insights acionáveis, facilitando a compra e a transferência de dados externos e a conexão com redes de anúncios de terceiros e bolsas para compras de publicidade direcionada.

Porém, as DMPs têm algumas limitações. Portanto, é importante investigar se uma DMP é a solução de análise e armazenamento de dados certa para sua empresa. Dependendo do tipo de dados com o qual você trabalha, suas necessidades podem ser atendidas melhor com um tipo diferente de sistema de armazenamento de dados.

O que posso fazer com uma DMP?

Uma DMP oferece várias maneiras de colocar em ação os insights de seus dados:

  • Direcionamento de anúncio

    Identifique os perfis do público-alvo e posicione os anúncios direcionados para os clientes que serão mais afetados.

  • Experiências personalizadas

    Desenvolva conteúdo e experiências especificamente adaptados aos públicos-alvo segmentados.

  • Comunique-se com outras plataformas

    Conecte-se diretamente com bolsas de publicidade para comprar posicionamentos de anúncios direcionados.

  • Monetização de dados

    Compre, colete e analise dados secundários e terciários e venda seus próprios dados como dados secundários.

Que tipos de dados posso gerenciar com uma DMP?

Você pode coletar e analisar três tipos diferentes de dados com uma DMP:

Dados primários

Seus dados primários incluem qualquer informação coletada por meio de um relacionamento direto com um cliente. Esses dados incluem itens como endereços de email, comportamentos, dados demográficos e históricos de compra. Os dados primários podem ser coletados diretamente de clientes por meio de formulários, inscrições e interações diretas, mas frequentemente também são coletados por meio de acompanhamento de pixels, cookies e IDs de dispositivo.

Embora as DMPs possam coletar e analisar seus dados primários e façam isso, só o fazem para gerar perfis de usuários anônimos e insights de público-alvo. Em geral, os dados primários são gerenciados basicamente com uma CDP (plataforma de dados do cliente), que coleta e organiza todos os seus dados primários e pode fornecê-los à DMP para que possam ser incorporados aos perfis de público-alvo.

Dados secundários

Assim como os dados primários, os dados secundários geralmente incluem informações sobre clientes e seus comportamentos e são coletados por meio de interações diretas, acompanhamento de pixels ou cookies. A principal diferença é que os dados foram coletados em primeira mão por outra organização, não a sua.

Os dados secundários lhe oferecem a oportunidade de procurar fora de seu grupo de clientes atual e obter informações sobre públicos-alvo mais amplos para os quais você pode estar interessado em comercializar. Os dados secundários podem ser comprados ou trocados entre empresas via contratos mutuamente vantajosos. A troca real de dados secundários é realizada por meio de DMPs.

Como uma DMP não pode lidar apenas com dados primários, dados secundários podem ser usados para suplementar e escalar seus dados primários. Isso permite que você comece a criar perfis de público-alvo e gerar insights, mesmo que o grupo de clientes atual seja muito pequeno para uma análise em grande escala.

Dados terciários

Os dados terciários são dados coletados de uma variedade de fontes, reunidos e disponibilizados para compra. Basicamente, grandes agregadores de dados compram dados primários de editores e outros proprietários de dados e os reúnem em grandes conjuntos de dados, que então disponibilizam para compra por meio de DMPs. Os dados terciários são usados para suplementar seus dados primários e secundários, a fim de adicionar ainda mais profundidade e precisão aos perfis de direcionamento de clientes.

Como analisar meus dados com uma DMP?

Analise e aja em relação a seus dados em quatro estágios com uma plataforma de gerenciamento de dados:

  • Coleta e organização

    Use a DMP para coletar todos os seus dados primários e adquirir dados secundários e terciários. Em seguida, a DMP organizará todos os dados em categorias e taxonomias com base nos modelos de marketing e metas de negócios que você especificar.

  • Identificação de segmentos de público-alvo

    A DMP analisará os dados e gerará segmentos de público-alvo que representem com precisão sua base de clientes em uma ampla variedade de canais, de acordo com diversas características compartilhadas.

  • Análise detalhada dos dados

    Use a DMP para se conectar com outras ferramentas de análise a fim de obter análises mais aprofundadas do público-alvo e insights ainda mais detalhados. Identifique novos públicos-alvo potenciais e fundamente as decisões futuras quanto a desenvolvimento e conteúdo.

  • Transferência de dados

    Aja em relação aos insights e públicos-alvo gerados com base em seus dados. Use a DMP para se conectar com bolsas de publicidade, SSP (plataformas no local de fornecimento), DSP (plataformas no local de demanda) e posicionamentos de anúncios direcionados para compra. Prepare e venda seus dados primários como dados secundários com a DMP.

Quais são as limitações do trabalho com uma DMP?

Embora haja vantagens no uso de uma plataforma de gerenciamento de dados, há alguns casos em que sua funcionalidade deixa a desejar em comparação com outras opções de análise de dados.

  • Tempos de processamento longos

    Devido ao nível de análise envolvido, as DMPs geralmente exigem tempos de processamento mais longos para ingestão e análise de novos dados. Diferentemente de uma CDP, os dados em uma DMP não podem ser exibidos em tempo real.

  • Tempo de retenção de dados curto

    Como os dados da DMP frequentemente dependem de cookies, a retenção de dados normalmente é de apenas 90 dias.

  • Requisitos de dados externos

    Uma DMP não pode funcionar apenas com seus dados primários. Portanto, normalmente, você precisará comprar dados adicionais para usá-la.

  • Computação em caixa preta

    Embora você possa exibir os insights gerados pela DMP, nem sempre pode exibir diretamente os dados com base nos quais os insights foram gerados.

  • Ausência de marketing personalizado

    Os perfis de cliente se baseiam apenas em atributos, não em identidades individuais. Você pode anunciar para públicos-alvo com base nos perfis de cliente, mas não pode controlar nem veicular anúncios direcionados para usuários individuais com uma DMP.

Se você precisa de uma solução para armazenar e analisar grandes conjuntos de dados secundários e terciários e possibilitar a coleta e a transferência de dados externos, as plataformas de gerenciamento de dados têm os recursos necessários. No entanto, se sua necessidade principal é armazenar e analisar apenas dados de clientes primários, uma CDP oferece acesso ao armazenamento de dados de que você precisa, além de alguns benefícios adicionais.

Embora o uso principal da DMP seja segmentar e categorizar seus clientes anonimamente para fins de publicidade, com uma CDP, você pode criar perfis de clientes persistentes. Isso significa que pode criar um único registro individual para cada um de seus clientes, com base em um identificador exclusivo, como nome, endereço IP ou endereço de email, e acessar todos os dados disponíveis desse cliente em seus registro individual.

A capacidade de criar esses perfis de cliente persistentes com uma CDP oferece uma maneira de organizar e acessar os dados de identificação pessoal de clientes para uso acionável. Além disso, você pode usar uma CDP para organizar os dados primários e fornecê-los à DMP para uso na determinação de perfis de público-alvo.

Aproveite mais seus dados primários com uma CDP

Com uma CDP, vá além das limitações das DMPs. Unifique os dados primários de todas as suas fontes, otimize o envolvimento e descubra insights que impulsionam experiências personalizadas com o Dynamics 365 Customer Insights.

Saiba como o Dynamics 365 Customer Insights permite aproveitar seus dados primários e ajuda você a fornecer experiências excepcionais a todos os clientes.